Le Blog du corps

Actualité de la recherche sur le corps en SHS (ISSN : 2269-8337)

Publié le par leblogducorps.over-blog.com

 

História do corpo no Brasil
Amantino , Marcia (Organizador) e Priore, Mary Del (Organizador)

Sinopse

O corpo humano ganha uma visão abrangente nesta obra organizada por Mary Del Priore e Marcia Amantino. Estão reunidos aqui artigos escritos por estudiosos de distintas áreas do conhecimento, que discorrem sobre as diversas facetas, representações e simbologias do corpo. Partindo das descrições de Pero Vaz de Caminha sobre o corpo das índias e indo até a ditadura da beleza no século XXI, o livro aborda uma considerável gama de reflexões sobre o assunto.
História do corpo no Brasil também passa pela evolução da moda desde o início da colonização, tratando também de alimentação, higiene e doenças relacionadas, como obesidade, bulimia e anorexia. Fala também a respeito do direito de cada um decidir sobre o uso do próprio corpo, representado pelos protestos em evidência na década de 1970, além de analisar o poder da mídia na imposição de estilos e padrões estéticos, em uma sociedade cada vez mais dominada pela imagem.

Através deste apanhado antropológico, o leitor poderá, por meio destas e de outras abordagens, ampliar sua percepção sobre si próprio e o seu corpo

 

 

 

III COLÓQUIO INTERNACIONAL CORPO E CULTURA DE MOVIMENTO

I JORNADA INTERNACIONAL DE BIOSSISTÊMICA

27 a 29 de setembro de 2012

 

 

Local: Auditório da Escola de Enfermagem da UFRN e Departamento de Educação Física da UFRN

 

REALIZAÇÃO: Programa de Pós-Graduação em Educação Física da UFRN, Pro-Reitoria de Pós-Graduação, Centro de Ciências Da Saúde, Departamento de Educação Física.

APOIO: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES.

COLABORADORES: Instituto de Psicologia Somática - IPS, Escola Italiana de Biossistêmica. 

 

EU CORPO

EXPERIÊNCIA E CONHECIMENTO

 

APRESENTAÇÃO

A partir do século XX, anuncia-se, de modo intenso, uma agenda de pesquisa sobre o corpo: o corpo como condição humana, as formas do corpo, a linguagem do corpo, as políticas do corpo, a estética, as técnicas corporais, entre outras temáticas. O corpo desde então, circula entre permissões e proibições, regras, controle, normas que o configuram em diferentes abordagens científicas, pedagógicas, artísticas, filosóficas. Essa circulação do corpo ou mais precisamente dos discursos sobre o corpo, é permeada por elementos de esquecimento e de resgates; bem como, por determinadas interdições, a partir das quais se estabelecem regras e modos de conduta em particular em torno da visibilidade do corpo, dos contatos corporais, dos gestos e da postura.

Pensar em um evento desse porte e com essa natureza é refletir o lugar que a sociedade tem atribuído ao corpo como objeto que se aspira, se alonga, aumenta, diminui, achata, reforma, enfeita. Trata-se, sobretudo, de refletir o fenômeno da existência humana. Para levar esse debate adiante nada melhor que uma parceria entre a psicologia e a educação física, porque é um engano acreditar que o corpo na psicologia é só representante do desejo, da angústia, é abstração subjetiva; e o corpo na educação física é só um objeto moldado e treinado representando a manutenção de uma aparência ‘atlética’ e da busca pela superação dos limites físicos. Agrega-se a esse evento, de natureza interdisciplinar, áreas como artes, filosofia, ciências sociais e pedagogia, entre outras, cuja abordagem delineada na programação do evento, enfoquem o CORPO que é existência, é movimento capaz de criar uma nova possibilidade de vida, de ser e estar no  mundo.

Nossa relação corporal com o mundo é uma contingência que marca tudo o que tem lugar fora do corpo, inclusive nas investigações científicas ou filosóficas, bem como nas intervenções educativas ou clínicas. Desse modo, é importante exercitar o espírito reflexivo e investigativo, no sentido de gerar atitudes propositivas para enfrentar os desafios da pesquisa, do conhecimento e das intervenções sobre o corpo.

 

 

OBJETIVOS

  1. Desenvolvimento acadêmico da Pós-Graduação na região nordeste do país e fortalecimento da área de concentração Movimento Humano Cultura e Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da UFRN e da região.
  2. Difusão e crítica do conhecimento científico e filosófico sobre o corpo humano, por meio de uma abordagem que atravessa diversas áreas de conhecimento.
  3. Agregar profissionais, pesquisadores e estudantes de graduação e de pós-graduação em atividades científicas, tendo em vista incrementar a produção intelectual nesse campo e áreas de conhecimento.
  4. Realização de oficinas que envolvam experiências de práticas corporais e que articulem a pesquisa e a intervenção profissional na área, estudantes de graduação e de pós-graduação.

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

27/09/12 (quinta-feira)

8h- 12: Comunicação oral

14h-18h: Comunicação oral

19h: Abertura

 

19h30min: Conferência de Abertura

O conhecimento do corpo - Prof. Dr. Jacques Gleyse – Université de Montpellier

 

 

Commenter cet article

Catégories

Articles récents

Hébergé par Overblog

Partager cette page Facebook Twitter Google+ Pinterest
Suivre ce blog